JOGOS DE TABULEIRO: DIVERSÃO (E APRENDIZADO) EM TODAS AS IDADES

JOGOS DE TABULEIRO: DIVERSÃO (E APRENDIZADO) EM TODAS AS IDADES

> Nunca somos velhos o suficiente para algumas brincadeiras. Um exemplo disso são os jogos de tabuleiro: diversão garantida para crianças e adultos. Em tempos de Netflix e
tablets é ainda mais importante trocar algumas horas em frente às telas por um passatempo offline. Embora as novas gerações tenham menos oportunidade de contato com as
brincadeiras antigas, é importante que a família e os educadores estimulem esse hábito, que então passará a fazer parte das atividades prazerosas dos pequenos.

“O adulto que faz a mediação desses instrumentos precisa estar motivado, entender a importância dos jogos para as crianças e adolescentes e colocar uma rotina que limite o uso de eletrônicos, que acabam distraindo e desestimulando o prazer nos jogos tradicionais”, explica a psicóloga especialista em Psicopedagogia, Silvia Fontanelli. A especialista ressalta que os jogos ajudam a desenvolver as funções executivas do cérebro, como planejamento estratégico, controle de impulso e memória de trabalho. Por ser uma atividade realizada em grupos, também estimula as habilidades de relacionamento, como a comunicação e a possibilidade de fazer amizade.

Um dos grandes ensinamentos dos jogos tradicionais é ajudar a saber perder. “Nos jogos eletrônicos existe a possibilidade de perder e começar de novo, de onde estava. Não precisamos lidar de maneira concreta com a frustração da perda. Já os jogos tradicionais possibilitam encarar de frente situações de frustração, que precisam ser desenvolvidas desde cedo. É um aprendizado natural quando a criança é exposta a essas atividades frequentemente”, pontua Silvia.

MOMENTO DE DIVERSÃO COM AMIGOS E FAMÍLIA
Os jogos de tabuleiro são a opção perfeita de brincadeira para ser feita em família, reforçando laços e sendo também um momento de compartilhar ensinamentos. “Atividades
em família proporcionam o sentimento de pertencimento ao grupo familiar, de estarem todos presentes de corpo e alma em algo que traz prazer e alegria a todos. Sem esse sentimento de pertencimento torna-se penoso inclusive o desenvolvimento de habilidades cognitivas”, ressalta.

O sentimento de pertencimento estimula caminhos neurais cognitivos e de inteligência emocional, liberando hormônios e neurotransmissores essenciais para o desenvolvimento saudável infantil. “Isso irá ajudar a desenvolver segurança e autoconfiança”. E o melhor: tudo isso é feito de forma divertida e descontraída.

MUITAS FORMAS DE BRINCAR
Os jogos de tabuleiro seguem, em geral, uma mesma dinâmica: um grupo de pessoas senta-se em volta do brinquedo e precisam encarar as tarefas propostas. Resolver mistérios, administrar finanças, realizar operações médicas são algumas das tarefas propostas nos jogos que mais fazem sucesso. Além disso, é possível encarnar personagens ou estimular o artista que existe dentro de vocês com os jogos de mímicas e desenhos. Já as brincadeiras de perguntas e respostas irão desafiar seu conhecimento! Escolha seu jogo e prepare-se para dias de muita diversão!