LER PARA ENTENDER AS EMOÇÕES

LER PARA ENTENDER AS EMOÇÕES

> Não é novidade para nenhum pai ou mãe que as crianças não sabem muito bem como lidar com sentimentos. Reações exageradas, explosivas ou mesmo choros aparentemente
sem motivo podem surgir simplesmente porque os pequenos não sabem lidar com aquilo que estão sentindo dentro de si.

Ensinar às crianças o que são esses sentimentos chama-se educação emocional. É algo muito importante a ser desenvolvido na infância e pode ter a literatura como aliada. “Os livros são uma excelente estratégia para trabalhar com as emoções da criança porque, através dos personagens, ela consegue identificar situações que está vivendo no dia a dia”, comenta Camila Machuca, psicóloga infantil, especialista em Neupsicologia e Terapia Cognitivo Comportamental.

A especialista explica que se o adulto tenta falar diretamente sobre uma emoção, a criança pode não identificar tão facilmente quanto se vir projetada nos personagens. “Falar sobre o patinho, o cachorrinho, na menininha da história é mais fácil do que falar sobre ela mesma.”

A leitura voltada para a educação emocional tem grande valor especialmente após os 4 anos de idade, quando a criança já tem um desenvolvimento cognitivo adequado para conseguir se identificar e relacionar a história com seu dia a dia.

COMO USAR OS LIVROS PARA ENSINAR EMOÇÕES?

Leia o livro com a criança. Se ela estiver passando por uma situação específica (dificuldade para lidar com frustração, problemas com colegas na escola, luto, nascimento do irmão, egoísmo, ansiedade, medo etc), você pode procurar literatura focada no assunto. O adulto pode fazer a ponte sobre a história e o que a criança está passando no dia a dia dela e levantar perguntas como: “o que você achou disso que o personagem viveu?”, “você já passou por algo assim aqui em casa, na escola?”, “você já se sentiu como ele?”.

Aproveite o desfecho da história para relembrar à criança sobre como o personagem venceu aquela situação e como ela pode aplicar a solução para sua própria vida.